Questão cambial requer cooperação de potências, diz OMC

O diretor-geral da Organização Mundial do Comércio (OMC), Roberto Azevêdo, disse nesta terça-feira, 15, que a questão cambial no comércio internacional só será devidamente tratada globalmente se houver cooperação entre os países emissores de moeda forte.

Por meio de videoconferência com os participantes do Fórum Estadão Brasil Competitivo - Comércio Exterior, realizado em São Paulo, Azevêdo afirmou que nenhuma organização sozinha dará conta dos desafios que envolvem a questão cambial, seja ela a OMC, o Banco Mundial ou o Fundo Monetário Internacional (FMI).

\"Essa questão só será devidamente tratada se houver cooperação dos grandes países emissores de moeda forte no mundo\", afirmou, acrescentando que nunca disse que a OMC não seria foro para debater a questão cambial.

O diretor-geral da OMC afirmou que os países membros da organização estão discutindo o câmbio no comércio exterior. Azevêdo defendeu ainda a abertura dos países ao comércio internacional.

Ele disse que a opção sustentável para qualquer nação é aquela que \"olha para fora\". \"Não acredito em soluções econômicas fechadas\", afirmou, ao lembrar que cada país adota sua estratégia para se inserir no comércio global. \"É raro encontrar países que não aceitam (o comércio internacional).\"

NOTÍCIAS



CORRESPONDENTES DE CÂMBIO
MATRIZ
>> PORTO ALEGRE
Av. Plínio Brasil Milano, 757 | sb loja 201
Higienópolis
(51)3574.3422 |
>> CAXIAS DO SUL
Av. Júlio de Castilhos, 2700 - Térreo | lj 05
São Pelegrino
(54)3021.3422 |
>> NOVO HAMBURGO
Rua Bento Gonçalves, 2800
Centro
(51)3303.3422 |
NEWSLETTER



OUVIDORIA
0800 770-5422
ouvidoria@executivecambio.com.br
ATENDIMENTO
Segunda-feira à Sexta-feira
Das 9h às 17h
EXECUTIVE CÂMBIO
Caxias do Sul | Novo Hamburgo | Porto Alegre

Área Restrita:
Login: Senha:


© Copyright 2013 - Todos os direitos reservados à Executive Câmbio