Dólar opera em queda após feriado de Páscoa, abaixo de R$ 3,65

O dólar opera em baixa nesta segunda-feira (28), após o feriado de Páscoa. Na quinta-feira, último dia de negócios, fechou em leve alta, após quatro quedas consecutivas, reagindo à atuação do Banco Central, ao cenário político conturbado no Brasil e à alta da moeda norte-americana nos mercados externos.

Às 9h39, a moeda norte-americana caía 0,92%, vendida a R$ 3,647.

Na quinta-feira (24), o dólar avançou 0,12%, a R$ 3,6812 na venda. A moeda norte-americana acumulou alta de 2,78% na semana passada, mas continua em baixa de 8,05% no mês.

 

Ação do BC:

O BC fez na quinta-feira leilão de swaps cambiais reversos, que equivalem à compra futura de dólares, pelo quarto dia consecutivo, após deixar a ferramenta encostada por três anos.

No entanto, o BC não vendeu nenhum contrato dos até 3 mil ofertados, levando o dólar a reduzir a alta sobre o real. O lote foi também menor do que as outras três operações. O avanço do dólar foi limitado também porque alguns operadores realizavam lucros após a forte alta da sessão passada.

O BC também reduziu pela terceira vez neste mês a oferta de swaps cambiais tradicionais --que equivalem a venda futura de dólares-- para rolagem dos contratos que vencem em abril. Se mantiver até o penúltimo pregão do mês a oferta de até 2 mil contratos, contra 2,6 mil na operação da véspera, rolará pouco menos de 70% do lote total, correspondente a 10,092 bilhões de dólares.

Com a venda integral desta sessão, a autoridade monetária já rolou o equivalente a 6,745 bilhões de dólares, ou cerca de 67% do lote de abril.

Por fim, a autoridade monetária fez à tarde leilão de venda de até 3 bilhões de dólares com compromisso de recompra, para rolar os contratos que vencem em 4 de abril. Segundo a assessoria de imprensa do BC, a oferta equivale ao montante total que vence no mês que vem.

Muitos operadores acreditam que o enfraquecimento do dólar desagrada ao BC ao prejudicar exportadores no momento de intensa recessão e, assim, poderia afetar as contas externas do país. A autoridade monetária diz que age para mitigar a intensa volatilidade, que vem em meio a forte incerteza política.

 

Fonte: g1.globo.com

NOTÍCIAS



CORRESPONDENTES DE CÂMBIO
MATRIZ
>> PORTO ALEGRE
Av. Plínio Brasil Milano, 757 | sb loja 201
Higienópolis
(51)3574.3422 |
>> CAXIAS DO SUL
Av. Júlio de Castilhos, 2700 - Térreo | lj 05
São Pelegrino
(54)3021.3422 |
>> NOVO HAMBURGO
Rua Bento Gonçalves, 2800
Centro
(51)3303.3422 |
NEWSLETTER



OUVIDORIA
0800 770-5422
ouvidoria@executivecambio.com.br
ATENDIMENTO
Segunda-feira à Sexta-feira
Das 9h às 17h
EXECUTIVE CÂMBIO
Caxias do Sul | Novo Hamburgo | Porto Alegre

Área Restrita:
Login: Senha:


© Copyright 2013 - Todos os direitos reservados à Executive Câmbio