Bolsas europeias recuam ante piora da crise na Ucrânia

A renovação das tensões no Leste Europeu pesou sobre os mercados acionários da Europa nesta quinta-feira, 28, que contabilizaram perdas nessa sessão. O temor de uma possível invasão russa à Ucrânia cresceu, depois que a Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) informou que há \"bem mais\" de mil soldados russos operando em território ucraniano. A informação desencadeou um novo movimento de aversão a risco, colocando em segundo plano os indicadores da economia europeia, divulgados nesta manhã.

Os dados reforçaram a percepção de fragilidade da economia europeia, alimentando as especulações em torno de novas medidas de estímulo pelo Banco Central Europeus (BCE). O índice de sentimento econômico da zona do euro, que mede a confiança em vários setores corporativos e dos consumidores, caiu para 100,6 em agosto, de 102,1 em julho, ficando abaixo da previsão dos analistas consultados pela Dow Jones Newswires, que previam recuo menos acentuado, para 101,5.

Na Alemanha, a inflação manteve-se estável entre julho e agosto, avançando apenas 0,8% em 12 meses. A taxa de desemprego também não variou, situando-se em 6,7% em agosto, mesmo porcentual de julho.

O índice DAX, da bolsa de Frankfurt, caiu 1,12%, para 9.462,56 pontos, puxado pelos papéis de companhias com forte presença na Rússia. As ações da Adidas caíram 2,48%, acompanhadas pelas da Daimler (-1,57%), BMW (-1,11%), Volkswagen (-1,23%).

Em Paris, o CAC-40 baixou 0,66%, para 4.366,04 pontos, enquanto em Madri o Ibex-35 recuou 1,06%, para 10.722,20 pontos, e em Milão, o FTSE-MIB caiu 2,03%, para 20.341,09 pontos. A disputa entre Telecom Italia e Telefónica pela brasileira GVT, controlada pela francesa Vivendi, movimentaram as ações dessas companhias na Europa. Os papéis da Telecom Italia avançaram 1,33% em Milão, os da Vivendi subiram 0,05% em Paris e os da Telefónica caíram 0,37% em Madri.

Na Bolsa de Londres, o FTSE-100 recuou 0,36%, para 6.805,80 pontos; em Lisboa, o PSI-20 perdeu 1,05%, aos 5.907,44 pontos, e em Moscou, o índice Micex teve desvalorização de 1,67%, para 1.423,78 pontos.

 

Fonte: br.financas.yahoo.com

NOTÍCIAS



CORRESPONDENTES DE CÂMBIO
MATRIZ
>> PORTO ALEGRE
Av. Plínio Brasil Milano, 757 | sb loja 201
Higienópolis
(51)3574.3422 |
>> CAXIAS DO SUL
Av. Júlio de Castilhos, 2700 - Térreo | lj 05
São Pelegrino
(54)3021.3422 |
>> NOVO HAMBURGO
Rua Bento Gonçalves, 2800
Centro
(51)3303.3422 |
NEWSLETTER



OUVIDORIA
0800 770-5422
ouvidoria@executivecambio.com.br
ATENDIMENTO
Segunda-feira à Sexta-feira
Das 9h às 17h
EXECUTIVE CÂMBIO
Caxias do Sul | Novo Hamburgo | Porto Alegre

Área Restrita:
Login: Senha:


© Copyright 2013 - Todos os direitos reservados à Executive Câmbio